Propósito: por quê, pra quê e por quem?

Sem comentários
Propósito: por quê, pra quê e por quem?

Você já parou para pensar qual é o propósito que movimenta a sua vida? Se sim, muito bem! Se não, pense nisso… Pois muita gente nasce, cresce e morre sem nenhum propósito para viver.

E agora, se você conseguisse definir em dez palavras o “por quê”, “pra quê” e “por quem” você faz o que você faz, e assim trabalhar de uma forma mais clara, você vai perceber que tem uma visão mais focada, simples e mais ampla sobre o mundo, e inclusive sobre você.

Adianto que não é tarefa muito fácil definir essas dez palavras (eu mesmo demorei muito para encontrá-las em mim mesmo), mas já aviso também que depois de pensadas, essas palavras, são ditas e vividas tranquilamente.

E o melhor de tudo é que se isso for algo que estala na sua cabeça a todo instante, e cada vez mais for surgindo claramente mais propósitos, os resultados aparecem genuinamente e coerente com sua expectativa e méritos

Portanto, para te ajudar ainda mais, vou te dar uma dica para colocar isso num papel mais facilidade, não utilize as dez palavras de uma vez, use menos no início, respondendo as perguntas “por quê?”, “para quê?” e “por quem?” você faz o que você faz.

Quando você responde o “por quê”, você aponta para sua história aquilo que te trouxe até aqui. Quando você responde o “para quê”, você está lidando com o sentido daquilo que você está fazendo agora. E quando você responde o “por quem”, você encontrará o seu legado que será passado aos outros.

Assim, tente responder o mais sinceramente possível essas três perguntas e você entenderá e viverá melhor o seu propósito de vida.

🍎 Eduardo Zugaib – Profissional de Comunicação e Desenvolvimento Humano, atividades que se misturam ao longo de mais de 25 de anos de carreira. Escritor e conferencista em nível nacional. São mais de 10 anos provocando e inspirando pessoas e organizações para uma vida com mais Propósito, Protagonismo e Performance.

Assista também ao vídeo: 

Artigo anterior
Quem são as suas maiores influências?
Artigo seguinte
A importância do bom humor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Por favor insira um endereço de email válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu