Faça o que é certo, não o que é fácil

Sem comentários

No senso comum há um pensamento corrente que diz que é ‘preciso preocupar‐se mais com a consciência do que com a reputação, já que consciência é aquilo que você é, ao passo que reputação é o que os outros pensam de você, o que não é problema seu’.

Será?

Não podemos controlar o pensamento alheio, tampouco aquilo que falam de nós em nossa ausência, porém é possível influenciar este movimento de construção de reputação. Essa influência tem nome: Ética.  Em um mundo conectado, em que os canais de comunicação formal e informal cruzam‐se a todo instante, acreditar no modelo ‘falem mal, mas falem de mim’, pode representar um verdadeiro suicídio profissional e corporativo. É importante compreender que a Ética em fazer o que é certo, e não o que é apenas fácil, gera reputação. Algo que, por sua vez, quando consolidada na curvatura do tempo, cria um estado de consciência limpa, tranquila. Logo, os fatores que compõem a tríade ética‐reputaçãoconsciência não precisam ‐ nem devem ‐ competir entre si. Devem sim convergir, assegurando não apenas uma consciência descansada, mas também servindo como uma boa referência, um selo de procedência que atesta a origem e a qualidade da nossa índole e de nossos produtos no mundo lá fora. Reputação construída a partir daqueles a quem influenciamos e proporcionamos boas experiências.

Em uma empresa, a Reputação que deriva da boa ou má gestão é formada por diversos fatores relacionados aos seus stakeholders: desde seus funcionários, passando pelos fornecedores e parceiros, chegando ao cliente, à comunidade onde está inserido e, enfim, ao acionista. Neste ambiente altamente conectado e complexo, onde a informação reverbera muitas vezes de forma exponencial, a Ética implica na manutenção máxima da congruência entre discurso e prática. Portanto, no mundo machucado que vivemos, Ética deixou de ser luxo, diferencial ou vantagem competitiva na bacia das almas do ‘jeitinho brasileiro’ e das negociatas de índoles duvidosas e impactos desastrosos. Passou a ser questão de sustentabilidade, de sobrevivência a longo prazo.  Movimentos de gestão impulsionados por práticas manutentoras de boa reputação, tais como a Governança Corporava e o Compliance, vem ajudando empresas e lideranças e enfrentarem essa nova ordem, minimizando os riscos à imagem da organização e de seus colaboradores a partir do cumprimento de regras, normatizações e prestação contínua de contas, a chamada accountability, não apenas aos invesdores, mas também a todos aqueles que são impactados direta ou indiretamente pela sua atuação.  Cabe às lideranças, educar e inspirar a equipe, estimulando um ambiente interno que perceba que tais movimentos não são entraves, mas sim um processo de depuração e alinhamento à normas cada vez mais compartilhadas e percebidas como responsáveis, transparentes e coerentes com o que a organização faz, com aquilo que a inspira, com aquilo que a move e com aquilo que a orienta. Cabe ao líder ser exemplo vivo de Ética, consciente de que o exemplo educa muito mais do que qualquer comunicado ou treinamento que venha a promover. Além de configurar‐se ‘selo de qualidade’ no mundo lá fora, a reputação cria na empresa ambiente seguro para os negócios, preservando valores e inspirando quem dela faz parte.

Ética fortalece a autoestima, o senso de pertencimento, a cidadania, a confiabilidade e os resultados financeiros que a empresa obtém de forma limpa.  Portanto, opte sempre por fazer o que é certo, não o que é fácil, mesmo que isso implique em uma aparente perda ou falta de ganho no presente. O nome disso é Ética. E este é o maior investimento que você pode fazer a longo prazo como pessoa, profissional, líder ou empreendedor.

🍎 Eduardo Zugaib – Profissional de Comunicação e Desenvolvimento Humano, atividades que se misturam ao longo de mais de 25 de anos de carreira. Escritor e conferencista em nível nacional. São mais de 10 anos provocando e inspirando pessoas e organizações para uma vida com mais Propósito, Protagonismo e Performance.

▶️ Este conteúdo faz parte do E-Book Plano de Trabalho para Toda a Vida, disponível para ser baixado na íntegra aquiE sem a necessidade de cadastro!

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Artigo anterior
Uma maçã por dia
Artigo seguinte
Para realizar grandes coisas, comece pequeno

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Por favor insira um endereço de email válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu